sexta-feira, fevereiro 04, 2005

Enfermeiros

Isto é um misto de paranóia com constatação à mistura.

Conhecem algum enfermeiro(a) que não namore ou esteja casado com outro enfermeiro? É impossível!

As situações de excepção são:

a) enfermeiros com outros colegas do ramo da saúde de hierarquia menor (analistas, fisioterapeutas, etc...);

b) namorados que já existiam antes de o enfermeiro começar o curso.

De realçar que no caso da alínea b), 90% das vezes o pobre do Rui de Minde acaba por ser trocado por um qualquer enfermeiro que a Vanessa entretanto conheceu no estágio que fez no Centro de Saúde em Benavente.

NOTA: Esta paranóia é extensível a polícias/militares.

1 comentário:

Enfermeiro disse...

Sim, sou enfermeiro. Sim, sou casado com uma enfermeira. Era só para lhe dizer que na saúde não há hierarquias. Um fisioterapeuta, não é de hierarquia inferior, assim como um médico não é superior. Em relação às relações dos enfermeiros, digamos que gostamos de nos manter nos nossos círculos.